4 dicas de gestão financeira para loja de materiais de construção

4 dicas de gestão financeira para loja de materiais de construção

Você tem uma loja de material de construção e está com dificuldade na gestão financeira? Confira aqui 4 dicas importantes que vão te ajudar. 

A gestão financeira é muito mais do que somente o lucro no fim do mês, essa é a base em que os resultados do seu comércio podem aumentar e o seu empreendimento crescer. Para te ajudar, separamos 4 dicas para colocar em prática na sua loja de materiais de construção, confira:  

4 dicas de gestão financeira

Existem várias dicas que podemos dar aqui, mas separamos aquelas que são fundamentais e vão fazer toda a diferença para o seu negócio, acompanhe: 

1. Marketing digital é um grande aliado

Alguns até podem olhar para o termo “marketing digital” e acreditar que ele só faz parte das grandes corporações ou redes de lojas, mas isso não é verdade! A sua loja de materiais de construção, por menor e mais no começo que esteja, também pode se beneficiar, e muito, desse investimento. 

Segundo uma pesquisa levantada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação se a sua loja não está se posicionando no meio online, ela está perdendo a chance de se comunicar com um imenso público. 

Antigamente, um site com informações básicas e uma página nas redes sociais pouco ativa e até um pouco atrasada, era o suficiente. Mas, hoje, oferecer conteúdos exclusivos e de qualidade para o seu público externo pode ser a chave para o sucesso do seu estabelecimento. 

2. Tenha controle do seu estoque de materiais de construção

A diversidade dos produtos disponíveis em uma loja de materiais de construção é bem grande, uma vez que existe uma imensa variedade de insumos semelhantes, mas com finalidades diferentes. 

Por esse motivo, o controle de estoque é fundamental para que todos os produtos sejam comprados de maneira inteligente, sem deixar dinheiro parado nem cliente esperando. Para que o seu estoque tenha um controle adequado e bem funcional, uma gestão constante dos fluxos de entrada e saída pode fazer toda a diferença. 

Com ela, você vai conseguir prever as necessidades de compra, assim como reduzir perdas por vencimento ou danos aos insumos. 

Leia também: 

Gestão de estoque de obras: o segredo para o sucesso! | Obra Prima

3. Seja cuidadoso em relação às finanças da empresa

As finanças não são somente números de vendas da sua loja de materiais de construção, embora eles sejam uma das maiores preocupações. Afinal, se a conta não fechar no fim do mês, problemas vão aparecer em seguida. 

Ou seja, não deixe de fazer um raio-x de toda a situação financeira da sua loja, como folha de pagamento, fluxo atual de caixa, valor do estoque, impostos, aluguel… Todos esses dados juntos em um único espaço podem trazer clareza do que está acontecendo atualmente no seu estabelecimento e possibilita mudanças para melhorar ainda mais a realidade do seu empreendimento. 

4. Determine indicadores de negócio

Os indicadores de negócio são uma ferramenta importante para guiar o desenvolvimento do seu estabelecimento. Entre os principais para a sua loja de material de construção, podemos citar:

  • Ticket médio: representa a média de valor gasto pelos seus consumidores na loja;
  • Itens mais e menos vendidos: todo estabelecimento tem itens mais vendidos, que são facilmente lembrados e citados pelos vendedores, mas também é essencial saber quais são os insumos parados para evitar desperdício de dinheiro e até de espaço; 
  • Margem de lucro: isso vai revelar a saúde das vendas. Com ela é possível ver quais dos produtos estão com preços que não só cobrem os seus custos, mas também trazem rendimentos saudáveis para a empresa e quais precisam ser ajustados;
  • NPS: Para descobrir a satisfação dos seus consumidores na loja de materiais de construção, a Net Promoter Score é uma ótima solução. Essa metodologia consiste em perguntar para o seu comprador qual é a chance,1 a 10, de ele indicar a sua loja para alguém que ele conhece.


– Nota 1 a 6 (detratores): não estão contentes com o atendimento e não voltarão a realizar compras.
– Nota 7 a 8 (Neutros): não estão muito satisfeitos, mas podem acabar voltando a comprar na sua loja.
– Nota 9 e 10 (promotores): tiveram uma ótima experiência e estão contentes com o atendimento, por isso vão indicar o local para outras pessoas. 

Para entender a nota geral do NPS da sua loja de materiais de construção basta subtrair os promotores pelos detratores e então dividir pelo total de compradores que participaram da pesquisa. 

Gostou das dicas de gestão financeira para a sua loja de materiais de construção?

Então, continue de olho no nosso blog e não perca os nossos conteúdos exclusivos sobre os principais temas da construção civil! 

Você já conhece o Obra Play? Somos uma nova plataforma que conecta e fortalece toda a cadeia do setor construtivo! Em nosso espaço é possível fazer cotações, encontrar profissionais muito bem qualificados, fazer negócios com novos clientes e muito mais. 

Deixe um comentário

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários